MUSEU ARQUEOLÓGICO CÍVICO E

A CIDADE

No piso térreo, além de mosaicos, relevos de mármore, produtos de vidro e cerâmicas romanas das antigas coleções, descobertas de escavações da Idade do Bronze até a Alta Idade Média emergiram das campanhas de escavação realizadas pelo Instituto Internacional de Estudos Ligúria de 1956 a hoje na colina em que a cidade antiga sobe. De grande interesse é a área arqueológica dentro do caminho do museu com a necrópole bizantina (IV-VII século aC) e os assentamentos medievais.

No primeiro andar continua a história da cidade através de testemunhos arqueológicos e histórico-artísticos da era medieval e moderna. São exibidas cerâmicas importadas que testemunham o intenso comércio marítimo da cidade medieval com as diversas praias do Mediterrâneo, seguidas de produções locais que, desde o final do século XII, fazem de Savona um dos mais importantes centros de produção de cerâmica até hoje. Com esta conhecida tradição cerâmica, com o fim da Idade Média, a produção da famosa majólica será gravada, ilustrada nas últimas seções do Museu, ao lado da cerâmica de Savona e de Albisola.

Algumas seções específicas dizem respeito ao desenvolvimento urbano e à vida da cidade e da fortaleza antes e depois da construção militar dos genoveses.